Leitura 33

Nome do autor: Cabral, J.

Título do livro: Nómada

Data de edição: 2004

Sinopse: Uma sequência de acontecimentos – confusão à porta de uma discoteca, uma boleia de um estranho, o roubo de um automóvel – conduz uma jovem a uma viagem sem rumo.

Mais do que um retrato do Portugal dos nossos dias, esta obra revela, na acidez da narrativa, a desilusão e o desencanto de uma juventude que procura na evasão uma forma de suportar a realidade.

Nómada é o relato cru dessa fuga ao quotidiano, onde personagens e situações inesperadas se cruzam a um ritmo vertiginoso, não deixando espaço para o leitor respirar.

Classificação: 2 (dispensável)

Opinião pessoal: Não é de todo uma obra original: à semelhança do livro Ricos, Bonitos e Loucos de Manuel Arouca, escrito em 1989, Nómada versa sobre uma geração absolutamente frívola e desconjuntada.

Numa escrita pouco convencional, predominam como grandes temas a criminalidade, a toxicomania e o sexo, numa patente crítica social, roçando a presunção, a histeria e o preconceito.

O retrato que Joana Cabral pretende elaborar está muito longe da realidade portuguesa, porque aquilo que acontece no mundo lisboeta não deve, de forma alguma, ser generalizado a um plano nacional. Joana Cabral cai, assim, na esparrela de, ao querer inovar, cair no mais ridículo engano.

Escrito por philobiblon

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: